O que é: Fratura Aberta

O que é Fratura Aberta

A fratura aberta, também conhecida como fratura exposta, é uma lesão óssea em que ocorre a ruptura da pele e a exposição do osso fraturado. É considerada uma emergência médica devido ao risco de infecção e complicações associadas. Geralmente, é causada por um trauma de alta energia, como acidentes automobilísticos, quedas de grande altura ou lesões esportivas graves.

Causas e Mecanismo de Lesão

A fratura aberta ocorre quando a força aplicada ao osso é tão intensa que causa a quebra da pele e a exposição do osso fraturado. Isso pode acontecer devido a diversos mecanismos de lesão, como:

  • Trauma direto: quando há um impacto direto sobre o osso, como em um acidente de carro em que o membro é prensado entre o veículo e um objeto externo.
  • Trauma indireto: quando a fratura ocorre em um local distante do ponto de impacto, como uma fratura de fêmur causada por uma queda de altura.
  • Trauma por torção: quando há uma rotação excessiva do osso, causando sua quebra e a ruptura da pele.

Sinais e Sintomas

Os sinais e sintomas da fratura aberta podem variar dependendo da gravidade da lesão, mas geralmente incluem:

  • Dor intensa no local da fratura.
  • Deformidade óbvia, com o osso exposto ou visível através da pele.
  • Sangramento abundante.
  • Inchaço e edema na área afetada.
  • Dificuldade em movimentar o membro afetado.
  • Presença de feridas ou lacerações na pele.

Diagnóstico

O diagnóstico da fratura aberta é feito através de exame físico e exames de imagem, como radiografias, tomografias computadorizadas ou ressonância magnética. O médico irá avaliar a extensão da lesão, a presença de infecção e a necessidade de intervenção cirúrgica.

Tratamento

O tratamento da fratura aberta envolve uma abordagem multidisciplinar, com a participação de ortopedistas, cirurgiões plásticos e infectologistas. As etapas do tratamento incluem:

  • Limpeza e desbridamento da ferida: remoção de tecidos mortos, corpos estranhos e lavagem abundante com solução antisséptica.
  • Redução da fratura: realinhamento dos fragmentos ósseos para promover a cicatrização adequada.
  • Fixação interna: utilização de placas, parafusos ou hastes intramedulares para estabilizar a fratura.
  • Tratamento de infecções: administração de antibióticos para prevenir ou tratar infecções.
  • Reabilitação: fisioterapia e acompanhamento para recuperar a função e mobilidade do membro afetado.

Complicações

A fratura aberta apresenta um risco aumentado de complicações em comparação com as fraturas fechadas. Algumas das complicações possíveis incluem:

  • Infecção: devido à exposição do osso ao ambiente externo, há um risco significativo de infecção, que pode levar à osteomielite.
  • Necrose óssea: a falta de suprimento sanguíneo adequado pode levar à morte do osso fraturado.
  • Atraso na consolidação: a cicatrização da fratura pode ser mais lenta devido à presença de infecção ou danos nos tecidos circundantes.
  • Deformidades ósseas: se a fratura não for tratada adequadamente, pode ocorrer uma má consolidação, resultando em deformidades ósseas.
  • Lesões vasculares: em casos mais graves, a fratura aberta pode causar danos aos vasos sanguíneos próximos, levando a complicações vasculares.

Prevenção

Embora nem todas as fraturas abertas possam ser prevenidas, algumas medidas podem ajudar a reduzir o risco de lesões graves, como:

  • Utilizar equipamentos de proteção adequados em atividades esportivas ou profissionais de alto risco.
  • Seguir as normas de segurança no trânsito e utilizar cintos de segurança.
  • Evitar quedas de altura e tomar precauções ao trabalhar em locais elevados.
  • Manter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos regularmente para fortalecer os ossos.

Conclusão

A fratura aberta é uma lesão óssea grave que requer atendimento médico imediato. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para prevenir complicações e promover a recuperação do paciente. É importante seguir as orientações médicas e adotar medidas de prevenção para reduzir o risco de fraturas abertas.

Rolar para cima